Jerônimo Reis diz que o PT “quebrou o país”

O ex-deputado federal Jerônimo Reis (PMDB) disse no "Jornal da Fan 1ª edição", da 99,7 FM, que jamais irá apoiar o Partido dos Trabalhadores (PT). Segundo o peemedebista, o PT quebrou o país e não faz parte do projeto político dele.

Ele adiantou que respeitará a posição do filho, o deputado federal Fábio Reis, da irmã, a deputada estadual Goretti Reis, e do governador Jackson Barreto, caso eles optem em apoiar o PT. "Mas, eu, Jerônimo Reis, não apoiarei jamais", enfatizou.

Jerônimo disse ao radialista George Magalhães que os presidentes petistas Lula e Dilma acabaram com a economia do país. Na avaliação do ex-deputado, a crise econômica que o Brasil atravessa e o desemprego vêm sendo combatidos pela atual equipe econômica do presidente Temer. "Não podemos deixar que o país volte atrás e trazer um grupo político que acabou com o Brasil", argumentou.

O ex-deputado revelou que por isso orientou o filho a votar favorável ao arquivamento das denúncias de corrupção no governo Temer. A votação ocorreu no dia 2, na Câmara dos Deputados. Segundo Jerônimo Reis esse não é o momento para afastar mais um presidente da República.

"Meu filho é ficha limpa. Ele não recebeu nada para votar. Recebeu foi o pedido do pai. Votou e acredito que amanhã vocês verão que a manutenção do presidente Temer foi a melhor decisão para o país", preconizou.

Lagartense.com