Concursos: mais de 4 mil vagas para Sergipe

Concurso sempre foi sinônimo de estabilidade, de emprego digno. E nesses tempos de crise e desemprego em alta, o anúncio da realização de concursos que devem abrir milhares de vagas no Estado de Sergipe representa expectativa de melhorias. Só para os concursos do magistério e áreas da segurança pública, que já foram autorizados pelo governador Jackson Barreto, estima-se que cerca de 3.000 vagas sejam abertas. Segundo Melissa Rollemberg, diretora do Ponto dos Concursos, esse é o melhor período para a área de concursos nos últimos três anos e a procura pelo curso preparatório aumentou consideravelmente.

“Desde o concurso da PM, em 2014, que foi muito bom, não tivemos uma época assim”, salienta Melissa. O Governo de Sergipe ainda não divulgou a quantidade oficial de vagas para os certames, mas há algumas previsões. A Secretaria de Estado da Educação (Seed) está concluindo o levantamento do quantitativo de vagas que serão ofertadas, mas informou que pode ultrapassar o número ofertado no último processo, em 2012, quando foram abertas 1.700 vagas.

Sobre as vagas na SSP, Melissa Rollemberg disse, que em entrevista no Ponto dos Concursos, o Capitão Samuel informou que a previsão para o concurso da PM seria de 300 vagas para soldados, podendo chegar a 900, e 30 para oficiais; para bombeiros, 150, e oficiais 10; para delegado da PC, 15 vagas, e agente prisional, 100.

As oportunidades geram boas expectativas para quem quer encontrar um rumo profissional. “Os jovens, os desempregados, vão ter como conseguir um emprego digno, através da capacidade intelectual em um Estado que não tem muitas indústrias nem muitas oportunidades de emprego”, avalia Melissa.

SSP

O tenente-coronel Paiva informa que para o concurso da PM ainda não há o número oficial de vagas. Mas afirma que o déficit é alto. “Hoje, temos um déficit de 120 tenentes. São mais de dez anos sem concurso para oficial”. Ele explica ainda que o efetivo da PM é de menos de cinco mil profissionais e que o cálculo de 2003, já defasado, aponta que o necessário seriam 6.500 homens e mulheres. “Por isso, a necessidade do concurso”, disse, ressaltando o empenho do Governo que mesmo em período de dificuldade financeira realizou concurso em 2014 e trabalha para realizar outro neste ano.

PSSs

Tanto a Prefeitura de Aracaju como o Governo de Sergipe anunciaram que farão processos seletivos simplificados (PSSs) para a área da Saúde. O Governo vai abrir 800 vagas, e o edital deve ser publicado nesta semana; a prefeitura divulgou 512 vagas, e o edital está programado para o próximo mês. “Uma demanda dessa, o ideal seria fazer concurso. É imoral em véspera de eleição realizar um PSS, uma seleção com análise de currículo. Isso abre espaço para indicações”, avalia.

Tem também o concurso da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese), cujo edital deve ser lançado até o final do ano ou início de 2018. “Como a Assembleia tem dois mil cargos comissionados, o correto seria abrir essa quantidade de vagas. Mas vamos ver, ainda não foi anunciado”, opina Melissa.