Eduardo Amorim sinaliza para João Doria, mas Valadares pode apoiar Alckmin

A coluna Brasil Confidencial, da revista IstoÉ, informa que o vice-governador de São Paulo, Márcio França (PSB), não quer apenas disputar o governo do Estado, mas também tirar do comando do partido os herdeiros políticos de Eduardo Campos em Pernambuco.

Segundo a revista, França quer garantir que o PSB integrará a aliança articulada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), que disputa com o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), a candidatura dos tucanos a presidente da República.

Valadares e Eduardo Amorim

Em Sergipe, os senadores Eduardo Amorim (PSDB) e Antonio Carlos Valadares (PSB) estão afinados para 2018 nas eleições estaduais, mas têm sinais diferentes nas presidenciais.

Eduardo vai trazer João Doria, em outubro, para palestra no Tribunal de Contas, e Valadares, se o PSB passar para o comando de Márcio França, terá que montar palanque para Ackmin.

NE Noticias