Gás de cozinha ficará mais caro a partir dessa sexta-feira

O brasileiro tem sentido no bolso o peso dos reajustes nos preços de quase tudo. Depois da gasolina e da passagem do transporte público, agora é a vez do gás de cozinha. Essa semana, a Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (ASMIRG-BR) anunciou um reajuste de 15% a partir de setembro. Isso significa dizer que o gás de cozinha que custa de R$60,00 a R$70,00 na Grande Aracaju, pode passar a custar até R$80,00. Ao ano, uma família que consome um gás por mês, pagará até R$240,00 a mais.

No final do ano passado a Petrobras anunciou uma nova política de preços para o GLP. A medida representou um repasse de até 4% para as distribuidoras, devido às cobranças de taxas pelo uso da infraestrutura da Petrobras e aumento para as empresas que usam tanques de armazenagem da estatal para estocar o produto.