Professores de Pedrinhas reivindicam reajuste do piso

Em greve desde o dia 31 de agosto, os professores do município de Pedrinhas, leste do estado, estiveram na Assembleia Legislativa de Sergipe nesta quarta-feira, 27, para pedir o apoio dos deputados no que diz respeito ao reajuste do piso salarial para os educadores do município.

De acordo com a assessora de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado de Sergipe (Sintese), Luana Capistrano, os professores reivindicam o reajuste do piso salarial. Segundo ela, os educadores do município atualmente recebem o valor do piso referente ao ano de 2014, no valor de R$ 1697,37, e que, o valor correto definido pelo Ministério da Educação para o ano de 2017 seria de R$ 2298,80.

Segundo ela, a prefeita do município, Ocimara Araújo Cruz Trindade (PDT), não tem dialogado com os servidores e a falta do reajuste tem causado prejuízos financeiros para os mesmos. “Eles estão desde o dia 31 paralisados, e além disso, a prefeita não abre diálogo com os professores”, afirma. De acordo com a assessora, além do reajuste, os professores também cobram melhorias nas estruturas das escolas.

Apoio

Durante a participação dos professores na Assembleia, eles puderam contar com o apoio da deputada estadual Ana Lúcia (PT). Na ocasião, ela solicitou que a prefeita do município abrisse um canal de diálogo e apresentasse uma proposta de pagamento do piso dos professores.

Com informações da Agência de Notícias Alese e do Portal Infonet