Jackson: Rombo na previdência não me permite dar aumento

Governador anunciou a assinatura de ordem de serviço para reforma do colégio Atheneu na quarta, dia 18, e destacou investimentos da gestão nas áreas de saúde, infraestrutura e malha viária

O governador Jackson Barreto iniciou a semana concedendo entrevista para os jornalistas André Barros e Priscila Andrade, na 103 Fm. Na ocasião, o governador anunciou a assinatura de ordem de serviço para reforma do colégio Atheneu na quarta, dia 18, e destacou investimentos da gestão nas áreas de saúde, infraestrutura e malha viária.

“Entraram com uma ação na Justiça contra o resultado da licitação. Foi concedida uma liminar, possibilitando o início da obra, que será realizada com recursos do Banese. Um investimento de quase R$ 6,5 milhões para reforma do Atheneu. A educação é um de nossos grandes destaques. Quando assumimos, tínhamos três escolas profissionalizantes. Encerraremos a gestão com 14. Estamos construindo na Colônia Sergipe, em Indiaroba, em Umbaúba, em Socorro. Entregamos a primeira escola profissionalizante em um assentamento, em Poço Redondo. Sou o governador que tive a honra de trazer o campus da UFS para Glória. Vamos deixar o estado com mais de 30 escolas em tempo integral. Nossa rede está se fortalecendo”, informou o governador.

Sobre a recuperação da malha viária, o governador afirmou que a secretaria de Infraestrutura, juntamente com o DER, vem realizando serviços de manutenção com a operação tapa buraco, que já investiu R$ 1,3 milhão e aplicou cerca de 4.200 toneladas de asfalto. Jackson informou, ainda, que existe um projeto do Estado em análise na Caixa Econômica para recuperação de rodovias estaduais no valor de R$ 200 milhões.

“Na questão da rodovia, nós queremos dizer a população sergipana que estamos com um projeto pronto, sendo avaliado pela Caixa Econômica. Com esse empréstimo, iremos fazer um investimento de R$ 200 milhões na recuperação das rodovias. No início do próximo ano, essas questões estarão resolvidas. Nossa preocupação é com as pessoas que circulam diariamente por nossas rodovias”.

Saúde

Jackson falou sobre os investimentos do governo na área de saúde, como a reforma do hospital de Glória, que será entregue em janeiro, e a recuperação da maternidade Hildete Falcão.

“Estou falando com a bancada de Brasília, pedindo para ajudar a Sergipe com uma emenda para a saúde. Nunca um governador procurou o apoio da bancada para uma emenda da saúde. Precisamos fortalecer essa área porque estamos ampliando nossa rede. Estamos reformando o hospital de Glória, vamos ampliar o hospital de Socorro. O Huse está passando por grandes mudanças, está melhorando o atendimento pra população. Estamos fazendo um seletivo para contratar mais profissionais e suprir as horas extras”.

Previdência

Questionado sobre possibilidade de conferir aumento para os servidores estaduais, Jackson explicou que o déficit da previdência inviabiliza melhorias na folha.

“Quando um governador de Estado recebe uma herança de ter que todo mês colocar R$ 110 milhões no déficit da previdência para deixar os aposentados tranquilos, é o dinheiro que ele tinha para melhorar a situação da educação, da saúde e do servidor. O rombo da previdência não me permite fazer isso”.

Hospital do Câncer

“A empresa não tem recursos, nós denunciamos. Nós temos o dinheiro em caixa, se nós tivéssemos uma empresa séria, estaria resolvido. Pela ordem, já era pra essa empresa estar com mais de 20% da obra, e ela não te mais de 3%, desde fevereiro, enganando a população”.

ASN