Oposição insiste em perder. Encontro com o PPS afasta ainda mais os Valadares de André e Eduardo

Tentando criar um fato político, o senador Antonio Carlos Valadares (PSB) foi ao escritório do presidente estadual do PPS, Clóvis Silveira, no Hotel Solemio, e teve ¨conversa promissora¨ sobre as eleições de 2018.

Depois, cumprindo o rito traçado, postou mensagem no Twttter confirmando a conversa mantida com Clóvis.

Foi tão rápido que nem esperou o presidente do PPS dar publicidade ao encontro.

Na última sexta-feira, o presidente estadual do PSB, Valadares Filho, telefonou para Clóvis e teve sua segunda conversa com o presidente do PPS.

Mas nada para esse ano.

Discussão sobre as eleições, só em 2018, dizem os Valadares.

Antes de ser procurado pelo senador, Clóvis Silveira informou que o ex-deputado Mendonça Prado é o nome do partido para disputar a eleição para governador.

Como nem os Valadares acreditam nem apostam um centavo sequer na possibilidade de apoiar Mendonça, para o governo, nem para qualquer outro mandato eletivo, o que os líderes do PSB fizeram, não apenas serve como recado para o deputado federal André Moura (PSC) e o senador Eduardo Amorim, como também para distanciá-los ainda mais dos dois.

NE Noticias