Sintese denuncia pães mofados na merenda escolar de Riachão do Dantas

Professores de uma escola no interior do Estado denunciaram a existência de pães mofados para servir de.lanche aos alunos do colégio que fica no povoado Limoeiro, município de Riachão do Dantas, a 99 quilômetros de Aracaju. A denúncia foi levada ao Sintese que prometeu levar o caso aos órgãos de fiscalização. A prefeita de Riachão, Gerana Silva (PT do B) disse que levou o caso à polícia e que tudo.não passa de armação para prejudicar a sua gestão.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe, os professores da Escola Municipal José Artêmio Barreto encontraram os pães sem condições de consumo no último dia 17 e levaram a denúncia ao Sindicato.

Em entrevista a uma emissora de rádio da cidade de Boquim, a prefeita de Riachão do Dantas, Gerana Silva (PTdoB), disse que será aberto processo administrativo e classificou o caso como uma tentativa de prejudicar a sua gestão. “Estamos tomando todas as medidas, ouvimos a declaração da diretora e levamos o caso até a polícia, com toda documentação. Não vejo nada mais além do que o desejo de prejudicar essa gestão”, afirmou.

A Prefeitura Municipal de Riachão do Dantas se posicionou ainda, por meio de suas redes sociais, afirmando que o caso foi forjado, que os sacos de pães foram violados e que a unidade de ensino recebeu um lote novo com produtos da merenda escolar e nenhum registro foi feito nas notas fiscais de que havia inconformidade com algum item.

A professora Adriana Soares, que é membro do Sintese na cidade, e ensina há 15 anos na rede municipal, disse que as denúncias que estão sendo feitas agora, também foram feitas na gestão passada, que o sindicato faz o seu papel e não tem ligação política com nenhum grupo. “Meu compromisso é com os alunos. Se fiz isso na gestão passada porque não faria agora”, questionou.

O Sintese irá prestar boletim de ocorrência nesta segunda-feira, 23.

Fan F1