STF mantém Aécio afastado do Senado

O Supremo Tribunal Federal, rejeitou na tarde desta terça-feira (3) o pedido da defesa do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) para suspender o afastamento do tucano. A decisão foi de Fachin, relator do processo.

Na última terça (26), o STF determinou o afastamento de Aécio do mandato e o recolhimento domiciliar noturno do tucano.

A decisão do ministro não impede que o Senado reverta, em votação no plenário prevista para esta terça (3), o afastamento do senador. A Casa entende que a tem a palavra final sobre afastamento de seus membros, contrariando entendimento até o momento aplicado pelo Supremo.

O Supremo só deverá analisar o assunto coletivamente, em reunião conjunta de plenário, no próximo dia 11.