Tobias Barreto-SE comemora 108 anos de emancipação política


O município de Tobias Barreto-SE comemora hoje 108 anos de emancipação política.

História: 

Surgiu no final do século XVI, em um sítio da região uma imagem de Nossa Senhora. Em sua homenagem, os camponeses construíram uma capelinha e fizeram residências em volta dela formando uma aldeia batizada de Paraíso. A imagem de Nossa Senhora, desapareceu por duas vezes sendo uma delas encontrada num matagal, destruíram a vegetação e construíram outra capelinha, onde hoje fica a Igreja Matriz Nossa Senhora Imperatriz dos Campos. O novo povoado recebeu o nome Capela de Nossa Senhora dos Campos do Rio Traripe (hoje Real) por estar situado às margens desse rio.

O nome do povoado foi simplificando até ser chamado apenas de Campos. Em 17 de janeiro de 1835, o povoado foi elevado à categoria de vila, em 1909, foi elevado à categoria de município e pelo Decreto-lei Estadual nº377, o distrito de Campos passou a denominar-se Tobias Barreto, uma homenagem a um ilustre habitante da região Tobias Barreto de Menezes. Filósofo, poeta, crítico e jurista, integrante da Escola do Recife, um movimento filosófico de grande força calcado no monismo e evolucionismo europeu. Foi o fundador do condoreirismo brasileiro e patrono da cadeira 38 da Academia Brasileira de Letras.

Tobias Barreto o nome que deu origem a cidade surgiu em homenagem a esse grande homem filósofo, escritor e jurista brasileiro. Foi o líder do movimento intelectual, poético, crítico, filosófico e jurídico da época.

A cidade tem 52.156 mil habitantes localizada no agreste sergipano a 130 Km da capital Aracaju no sendo destaca pelo comércio forte e seu desenvolvimento industrial. Considerada hoje a capital nordestina do bordado, produto base de toda a economia do município, sua indústria é quase que totalmente voltada a essa área têxtil. Tobias Barreto é destaque nos seguimentos de produtos da linha cama mesa e banho.

O turismo comercial é uma das principais fontes de renda, juntamente com as exportações que possui um crescimento significativo.

A cidade hoje é destaque em toda linha de cama mesa e banho, atraindo turistas e comerciantes de vários estados inclusive da Bahia para compra, venda, comercialização e distribuição desses produtos em todo Brasil.

Feira da Coruja é uma tradição que acontece nas madrugadas de domingo para segunda onde o comércio se prepara com maior variedades de produtos e preços competitivos para oferecer aos seus clientes e visitantes. São tapetes, vasos, cortinas, lingerie, bijuterias, artesanato, colchas, cama mesa e banho.

Em comemoração aos 108 anos de emancipação política, várias atrações irão se apresentar na praça do Cruzeiro no último dia de TobiArte nesta segunda-feira.

Por: Eduardo Góis - Jornalismo Gata Amarrada