Cláudio Baiano define como excelente a campanha do Olímpico na Série A-2

Em 2013, ele foi campeão da primeira divisão com o Sergipe, o técnico também era Givanildo Sales e Fabinho Cambalhota também jogava no alvirrubro. Cláudio Baiano foi eleito um dos melhores zagueiros da competição, fazendo parte da seleção do estadual, igual a Cambalhota. Em 2015, ele fez parte novamente dos melhores do Sergipão. Em 2017, ele foi contratado para levar o Olímpico de volta à elite do futebol sergipano e conseguiu. No último sábado, a equipe empatou o jogo no final e conquistou a classificação nos pênaltis. Esse foi o segundo acesso dele na carreira. O outro também foi aqui no estado.

- O desempenho foi excelente, um grupo com muitos jovens, devido ao regulamento da competição, porém jovens dispostos a escutar,aprender e que em nenhum momento perdeu o foco ou desacreditou do acesso! Já consegui um acesso em 2011, com o Lagarto - afirmou o zagueiro e capitão do Olímpico.

Cláudio Baiano já passou também por Juazeirense, Confiança, Itabaiana, São Domingos, Socorrense, Santos-AP, Central, Potiguar e Baraúnas. Para o experiente zagueiro, a persistência do grupo foi fundamental para o acesso, agora é pensar no título da Série A-2 do estadual.

- Creio que o foco, união, humildade e fé, nós não desacreditamos em momento algum,que subiriamos o Olímpico para a primeira divisão e, agora, respeitando nosso adversário na final, vamos lutar em busca do título. Ser campeão é muito bom. Toda conquista é especial, independente da divisão e estado - comentou Cláudio Baiano.

O entrosamento, segundo Cláudio, foi um ponto importante para a equipe ter alcançado essa campanha no Campeonato Sergipano da segunda divisão. Sobre permanecer no Dragão da Zona Sul em 2018, ele não confirmou.

- Joguei com Fabinho, Capela, Piau, Carlinhos, Eduardo. Com certeza isso facilita o entrosamento, a amizade, e no caso do professor Givanildo, o fato de conhecê-lo faz com que eu assimile mais fácil o que ele pede e quer em campo. Ainda não tenho nada certo para 2018, tenho que aguardar e analisar as propostas para escolher o melhor em termos de projeto para o ano que vem - finalizou Cláudio Baiano.

Olímpico e Socorrense se enfrentam nos dois próximos domingos. O jogo de ida da final da A-2 será no Souzão, em Itabaianinha. A volta será no Lelezão, em Nossa Senhora do Socorro. Ambos às 15 horas.

Globo Esporte / SE