Em arbitral, nova forma de disputa e outros pontos do estadual 2018 são definidos

Na tarde desta sexta-feira representantes do Confiança, Itabaiana, Sergipe, Frei Paulistano, Amadense, Boca Jr, Dorense, Lagarto, Socorrense e Olímpico se reuniram na Câmara de Vereadores juntamente com membros da Federação Sergipana de Futebol e da crônica esportiva para a definição da forma de disputa do Campeonato Sergipano 2018.

Como será?

Na primeira fase, todos os clubes se enfrentam em jogos de ida apenas, ou seja, nove rodadas. Os dois piores serão rebaixados e os seis melhores farão a segunda fase, um hexagonal também apenas com jogos de ida, sendo que os três de melhor campanha na primeira fase terão direito a três jogos com mando de campo dos cinco que disputará. Os dois melhores do hexagonal farão a final do estadual 2018.

Os cartões zeram para as finais e o prazo de contratações será encerrado um dia útil antes da primeira rodada do hexagonal. Por fim, o prazo para divulgação da tabela básica será na próxima terça-feira, 14 de novembro, pois segundo o Estatuto do Torcedor ela deve estar disponível 60 dias antes do início da competição.

E as vantagens e vagas? 

Na final, vantagem de dois resultados iguais e mando de campo do segundo jogo para a equipe que obtiver melhor desempenho geral no Sergipano. O time com melhor campanha na primeira fase ganha vaga no Campeonato Brasileiro da Série D 2019, sendo o Confiança a vaga fica automaticamente para o segundo colocado.

O campeão sergipano garante presença na Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro da Série D 2019 (seguindo mesma situação anterior caso o Dragão do Bairro Industrial vença o estadual). O vice-campeão só terá vaga na Copa do Brasil, pois agora a segunda vaga do estado no Nordestão será definida pelo ranking da CBF.

Outras novidades

Com datas reduzidas, a competição terá início dia 13 de janeiro e encerramento em 7 de abril. As preliminares com os times de base retornarão. Outra novidade será a parada obrigatória para hidratação aos 23 minutos do primeiro tempo.

Globo Esporte / SE