Gato é apontado como suspeito de tentativa de homicídio contra idosa de 82 anos

Um gato de rua foi apontado pela polícia como suspeito de tentativa de homicídio contra a japonesa Mayuko Matsumoto, de 82 anos. O caso ocorreu no início deste mês, no sul do Japão, e teve repercussão na mídia local, assim como em veículos como o "Daily Mail", o "The Sun" e o "Independent", esta semana.

A filha da idosa relatou ter encontrado a mãe no chão, dentro de casa, encharcada com um sangramento decorrente de pelo mais de 20 cortes profundos no rosto. Diante das circunstâncias, as investigações tiveram início como um suposto caso de assassinato. 

Durante a perícia, porém, ao não identificar sinais de arrombamento na residência - situada em Mifune, distrito de Kumamoto -, os agentes consideraram que os ferimentos se assemelhavam a arranhões feitos por gatos e mudaram seu alvo.

Atrás dos felinos que comumente circulam na região, a polícia encontrou um com as patas machadas por vestígios de sangue. Agora, os investigadores aguardam o resultado de um exame de DNA para confirmar se é a amostra analisada é de Mayuko.