José Serra é aconselhado a não disputar eleição em 2018

O senador de São Paulo pelo PSDB, José Serra, tem sido aconselhado a não aparecer em disputa eleitoral no ano que vem. O tucano tem mais cinco anos de mandato pela frente no Senado e tem chance até de presidir a Casa, caso um aliado seu seja eleito presidente da República.

De acordo com a colunista Mônica Bergâmo, do jornal Folha de S. Paulo, entre os motivos dos "conselheiros" está o de que Serra, em eventual candidatura ao governo de São Paulo, como o parlamentar cogita, teria que passar a campanha se explicando sobre denúncias enfrentadas na Lava Jato.

Até o momento, Serra tem caminhado numa indicação de que pode ficar como estar, disputar o governo paulista ou até tentar viabilizar seu nome para o Palácio do Planalto.