Misto de Confiança e Sergipe pode fazer a diferença para o Socorrense na final

O Socorrense já garantiu uma vaga na elite do futebol sergipano em 2018 e agora vai atrás do troféu do Campeonato Sergipano da Série A-2 contra o Olímpico de Itabaianinha. O Siri teve a melhor campanha do estadual, por isso fará o segundo jogo em casa.

O elenco da equipe de Nossa Senhora do Socorro na Segundona tem vários jogadores com passagens pelos rivais da capital sergipana, Sergipe e Confiança. Um deles é o jovem goleiro Jonathas, que passou pelo alvirrubro, ele sofreu apenas dois gols até o momento na A-2.

- Sucesso não é missão impossível, mas sim um resultado de muito trabalho, só tenho que agradecer a Deus, familiares e amigos por acreditarem em meu trabalho, segundo acesso em um ano, isso é fruto de muito trabalho não só meu, mas de todo o grupo, todos estão de parabéns - afirmou em rede social o goleiro do Siri.

Ainda com passagem pelo Sergipe o Siri tem o meia Bruninho, o lateral e meia Muribeca, o meia Acássio (além de jogar 4 anos na França), o meia-atacante Alisson e o atacante Rael. Os dois últimos da lista já defenderam também o Confiança. Além deles, o meia-atacante Joelton e o atacante Negueba já passaram pelo Dragão do Bairro Industrial.

- Quero dedicar esse acesso a uma pessoa que esteve com a gente desde o início, e hoje não foi diferente: Deus! Sem Ele não chegaríamos onde chegamos. Tivemos bastante dificuldade, ninguém acreditava na gente, éramos apenas mais um no grupo, mas com humildade, trabalho e força, conseguimos o acesso - comemorou o meia-atacante Joelton logo após o acesso.

O quarteto de arbitragem já está definido para o duelo do próximo domingo: Marcel Phillipe Martins (árbitro central), Emerson Fontes dos Santos (auxiliar 1), Rafael Nunes Santos (auxiliar 2) e Eloane Gonçalves Santos (quarto árbitro). Olímpico e Socorrense se enfrentam às 15 horas em Itabaianinha no estádio Souzão. O jogo de volta será no mesmo horário no domingo seguinte em Socorro, no Lelezão. Em caso de empate na soma dos resultados, o chamado agregado, teremos a decisão do título nos pênaltis.

Globo Esporte / SE