Município de Estância deve gastar R$ 1.303.350,36 com aluguel de Carro

Estância pretende gastar com o aluguel de 29 veículos o mesmo valor que compraria 40 carros populares?

A assessoria do ex-deputado e hoje prefeito Gilson Andrade, por diversas vezes criticou a gestão passada por alugar veículos, quando poderia usar àqueles recursos para comprar e ampliar a frota do município.

No entanto, os munícipes vêem diversos carros locados pela prefeitura rodando pelas ruas, alugados pela gestão de Gilson Andrade, em uma visível contradição do discurso de ontem, com a prática de hoje.

Segundo o vereador Tito Magno, em pronunciamento na CVE, o valor da licitação para alugar 29 veículos(1.303.350,36) por ano, seria suficiente para a compra de 40 carros populares para a frota municipal.

O  prefeito afirmou em entrevista no Dia a Dia Noticias dessa terça-feira, 02, que o município de Estância(assim como a maioria do Brasil), está passando por dificuldades financeiras e que se o horizonte de redução de 40% do FPM se concretizar, ele poderá até reduzir salários dele e de seus assessores e não pôde se comprometer com a realização de nenhuma obra ou melhoria reclamadas pela população, por não ter recursos para realizá-las, no entanto, parece não faltar verba para aluguel de veículos.

Ainda na sessão desta quarta-feira, 01, o vereador Tito Magno (PSB) apresentou requerimento solicitando informações ao prefeito Gilson Andrade, acerca de dois pregões eletrônicos, cujos editais foram publicados no mês de junho de 2017 e seus valores chamam atenção pelo grande volume de recursos.

Os referidos Editais de número 14 e 15/2017 foram publicados pelo prefeito Gilson Andrade, através da Comissão Permanente de Licitação e tiveram o objetivo de registrar preços para a locação de 29 veículos, dentre eles pick-ups cabine dupla e com tração 4×4, estilo Hilux, e veículo executivo de auto padrão.

De acordo com os editais, que estão publicados no Portal Oficial do Município, os custos da locação de todos os veículos podem chegar a um valor mensal de R$ 108.612,53 (Cento e oito mil, seiscentos e doze reais e cinquenta e três centavos). Os editais ainda preveem a possibilidade dos serviços se estenderem por um período de até 12 meses, o que elevaria esse valor para R$ 1.303.350,36 (Um milhão, trezentos e três mil, trezentos e cinquentas reais e trinta e seis centavos). Com esse valor, a Prefeitura de Estância teria condições de adquirir cerca de 40 carros populares 0 km todos os anos.

O requerimento do Vereador Tito Magno, que foi reprovado pelos vereadores ligados ao prefeito Gilson Andrade, com exceção dos vereadores Dionísio Neto e Chica do Fato, solicita as seguintes informações: valores em que os lotes dos Pregões Eletrônicos nº 14 e 15/2017 foram arrematados, cópias das Atas de Registro de Preços e Contratos celebrados com as empresas vencedoras das duas licitações, cópias das Notas de Empenho, bem como relatório discriminando a finalidade de cada veículo locado.

Por Luiz Carlos Dussantus