Temer é submetido a angioplastia de três artérias coronárias

O presidente Michel Temer foi submetido a uma angioplastia de três artérias coronárias com implante de stent na noite da última sexta-feira, informou a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto. O procedimento foi realizado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A intervenção foi realizada com sucesso e Temer deve ficar internado por dois dias na Unidade Coronariana do hospital.

"O procedimento foi bem sucedido e o presidente se recupera na Unidade Coronariana do Hospital Sírio-Libanês", informou a nota. O presidente passou por uma bateria de exames antes da angioplastia. Todo o procedimento foi encerrado pouco antes da meia-noite.

No último dia 27, Temer foi internado para realizar um procedimento de desobstrução da uretra causado pelo inchaço da próstata. Os médicos realizarão uma entrevista coletiva neste sábado para detalhar o quadro clínico do presidente e o possível tempo de repouso.

O presidente já foi internado no Hospital do Exército neste ano, no mesmo dia da votação da segunda denúncia apresentada contra ele, em razão da obstrução urológica. Antes disso, em outubro do ano passado, Temer teve uma obstrução parcial da artéria coronária. À época, os médicos disseram que o quadro não era cirúrgico. Desde então, Temer vem tomando remédios.