Centenas de sapos mortos são jogados as margens do rio real, entre Tobias Barreto (SE) e Lagoa Redonda (BA)

Um internauta registrou na manhã desta sexta-feira (15), um cena inusitada, centenas de sapos mortos foram jogado as margens do rio real, entre a cidade de Tobias Barreto (SE) e o Distrito de Lagoa Redonda, município de Itapicuru (BA), mas precisamente em uma localidade conhecida como "Pinguelinha". 

Os anfíbios estão em estado de decomposição, causando uma fedentina insuportável naquela localidade; O autor da crueldade não foi identificado.

Sapos comem mosquitos, moscas e todo tipo de insetos que lhes caibam nas bocas e, são seus predadores naturais mais eficientes - assim ajudam no controle de vetores importantes na disseminação de doenças humanas que são problema de saúde pública como a dengue, o chikunguya, a malária, a febre amarela, o zika e tantas outras enfermidades tropicais epidêmicas nas condições atuais.