Natal: 12 acidentes já foram registrados nas rodovias em Sergipe

Doze acidentes de trânsito já foram registrados nas rodovias que cortam Sergipe neste feriadão de Natal, de acordo com balanço parcial divulgado nesta segunda-feira (25) pelas Polícias Rodoviárias. Nas rodovias federais, foram registradas 11 ocorrências que deixaram 14 feridos leves e três feridos em estado grave de saúde. 

Já nas estradas estaduais ocorreu apenas um acidente até o momento.Segundo o Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual, um jovem de 22 anos, identificado como Hiranilson Marques Goes, morreu após ser atropelado por um caminhão na rodovia SE 120, altura do município de Neópolis, no norte do Estado. A Operação de reforço da fiscalização nas estradas segue até à meia-noite da terça-feira (26).

Dicas para uma viagem segura

Planejamento – Informe-se previamente sobre as condições do tempo, as distâncias que percorrerá, possíveis pontos de parada, abastecimento e alimentação;

Documentos – Não se esqueça dos documentos do veículo e pessoais;

Revisão – Independente da distância a ser percorrida, faça uma revisão prévia no seu veículo. Não deixe de verificar as condições de pneus, freios e sistema elétrico. Lembre-se que mesmo durante o dia é necessário o uso dos faróis baixos ligados nas rodovias;

Respeito – Respeite as sinalizações de limites de velocidade e faixas nas vias. Respeite também os demais usuários da rodovia.

Bebê a bordo - Os modelos de cadeira de veículos variam de acordo com a idade de cada criança.

1) Bebês de até 1 ano de idade devem ser transportados no banco de trás do carro, no bebê conforto, de costas.

2) Crianças entre 1 e 4 anos devem ficar na cadeirinha presa com o cinto e no banco traseiro.

3) Crianças com idade entre 4 e 7 anos e meio, deve ser utilizado um assento de elevação no banco de trás.

4) Crianças com idades entre 7 anos e meio e 10 anos devem utilizar apenas cinto de segurança no banco de trás.

Cinto de segurança - Nunca é demais lembrar que, além de seu uso ser obrigatório, os cintos de segurança são indispensáveis para diminuir os efeitos nocivos em caso de acidente. Assim, só dê partida no carro quando todos os ocupantes estiverem com eles afivelados.

Ultrapassagens - É comum nas estradas de mão dupla, o motorista ficar muito próximo de um caminhão que está à sua frente e jogar o carro para a outra pista na tentativa de fazer uma ultrapassagem. O ideal é se distanciar do veículo que está à frente. Desta forma, o motorista amplia seu campo de visão, principalmente da pista contrária.Evite ultrapassagens perigosas.

Acostamento - O uso do acostamento é exclusivo para emergências, que podem ser do carro, do motorista ou de algum ocupante. Também é permitido parar no acostamento para ajudar alguém. Mas parar nessa faixa sem necessidade, além de gerar multa, pode resultar em acidente. Também é ilegal andar com o carro pelo acostamento.Se houver motivo para usar aquele espaço, a PM aconselha o motorista a colocar o triângulo de sinalização a 20 metros do carro, no mínimo.

Ônibus - Os passageiros devem embarcar somente em terminais rodoviários homologados, evitando incentivar o transporte clandestino, que não oferece segurança nem garantias em caso de acidentes. Além disso, é importante, ainda, não ostentar joias e outros objetos que possam despertar a cobiça de assaltantes, como celulares, computadores portáteis e reprodutores de mp3, câmeras digitais, entre outros.

F5 News