Record usa novela para atacar Igreja Católica e altera textos da autora

A Record estreou recentemente a novela bíblica Apocalipse. No entanto, além de obter lucro e audiência, o canal tem usado a trama para outros fins.

É que em relação às demais novelas religiosas da Record exibidas até agora, esta é aquela com maior presença da Igreja Universal do Reino de Deus, como informa o jornalista Flávio Ricco. Para quem não sabe, o dono da Record, Edir Macedo, é líder desta Igreja.

Não por acaso são tantos os ataques que o catolicismo vem recebendo em praticamente todos os seus capítulos. Trata-se de uma bandeira levantada sem qualquer pudor e de forma tão direta, que tem surpreendido e tirado o ânimo de boa parte da equipe que faz parte dela.

Além do fanatismo nada disfarçado, isso tem prejudicado a própria autora, Vivian de Oliveira. Isso porque ainda segundo Ricco, a emissora tem acrescentado passagens, falas e cenas que ela nunca escreveu.

Este é mais um passo na dominação da IURD da grade da Record, não bastassem todos os horários usados por ela em suas emissoras e nas tantas outras em que aparece como concessionária. Vale dizer que 64,8% da população, ou mais exatamente 123 milhões de brasileiros, se declaram católicos, segundo o último censo do IBGE.

TV Foco