Belivaldo não vê sentido no boato de que Almeida lhe sucederia em candidatura

O pré-candidato ao Governo de Sergipe pela ala dos governistas, o vice-governador Belivaldo Chagas, PMDB, disse a esta coluna nesta sexta-feira que não há a menor procedência nos boatos apontando a possibilidade de ele ser trocado na pré-candidatura pelo secretário de Estado da Saúde, José Almeida Lima, do mesmo partido.

“Isso não existe. Isso foi uma barrigada. Quem está falando isso, a não ser o jornalista xx (a coluna omite de propósito a citação do nome do profissional), que saiu com essa história? Só para você entender: até este exato momento, às 8h30min deste 12 de janeiro de 2018, não existe nenhuma fagulha, nem um pequeno sinal de fumaça de que a pré-candidatura de Belivaldo Chagas ao Governo do Estado de Sergipe esteja com algum problema em sua base”, diz o pré-candidato.

“Não creio, em hipótese alguma, que Almeida fomente este tipo de comentário ou de intenção. Tenho certeza absoluta de que, em nenhuma hipótese, ele fomenta isso. Almeida, desde o primeiro momento, manifestou que tem foco. E o foco dele é o de melhorar o que está aí na Saúde”, diz Belivaldo.

“Posso garantir que ele está com o foco todo, todo, todo voltado para a Saúde e não tem absolutamente nada com a política. Aliás, Almeida tem sido extremamente atencioso comigo. Não tem uma só vez que eu ligue para ele que ele não me atenda ou, imediatamente, não me dê retorno”, completa.

Segundo Belivaldo Chagas, desde a primeira semana de outubro do ano passado, quando os governistas armaram a tenda em torno do seu pré-nome ao Governo, não houve nenhum retrocesso.

“A única fumaça que surgiu até agora foi aquela do mês de outubro. A fumaça de outubro foi aquela da casa de Luiz Mitidieri, quando se decidiu que eu seria o pré-candidato de todo o agrupamento”, afirma. “Ali foi a fumaça do habemus papam, e até hoje esta fumaça está ativada”, reforça.

“Quem está lhe dizendo isso sou eu: não existe nada e nenhum problema. Não existe a mais remota possibilidade de alteração deste rumo. Ah, pode acontecer? Pode. Mas neste momento não tem nada, absolutamente nada em curso”, reforça Chagas.

“O que eu sei é que Almeida Lima, pelo visto, está incomodando muita gente. Eu vejo em Almeida uma figura que tem foco no trabalho dele e, como consequência, os resultados positivos estão aparecendo, porque a nossa preocupação é com a Saúde que dê retorno à sociedade. Eu sinto ele em consonância com o projeto da Saúde, que é o que mais importa. Ele não está envolvido em política”, afirma.

JL Politica