Confuso, deputado do PT diz que caravana de sacoleiros é de Lula

Líder da minoria na Câmara, o deputado José Guimarães (PT-CE) divulgou em seu Twitter na segunda-feira, 22, uma foto de uma longa fila de ônibus e disse, na legenda, que se tratava das "caravanas rumo a Porto Alegre em solidariedade a Lula". A imagem, no entanto, é antiga e retrata um comboio de sacoleiros na fronteira entre Brasil e Paraguai. 

Procurada, a assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal disse não ter notícia de congestionamentos de ônibus nas estradas gaúchas e questionou a veracidade da foto. 

Uma pesquisa no Google mostra que a mesma imagem foi usada em um blog sobre Foz do Iguaçu. O texto ilustrado com a foto é de 2015 e conta a história de comboios de ônibus que se formavam para dificultar a fiscalização pela Receita Federal. A tática foi muito usada pelos lojistas na década de 1990 para tentar impedir a apreensão de mercadorias que eram compradas no Paraguai e revendidas no Brasil. 

No ano passado, uma mesma imagem desse blog circulou pela internet como sendo uma suposta invasão de apoiadores de Lula em Curitiba, quando o ex-presidente prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro. Ao ser procurado pela reportagem, o deputado disse que se tratava de "uma foto do pessoal de Porto Alegre". Questionado se tinha mais detalhes sobre o local da imagem, Guimarães disse apenas que os ônibus eram de "várias cidades". 

Após contato da reportagem, a assessoria do deputado reconheceu que a foto era 'fake' e retirou a imagem do ar.

Com informações da Agência Estado e da Band Online.