Diogo brilha no Titão e ajuda Sergipe a golear o Frei Paulistano por 3 a 0

Na tarde deste domingo, Frei Paulistano iniciaram a caminhada no Campeonato Sergipano 2018. No Estádio Municipal Jairton Menezes de Mendonça, o "Titão", os visitante pareciam estar jogando em casa. O Mais Querido goleou o Touro em Frei Paulo e iniciou o estadual conquistando três pontos fora de casa.

Os minutos iniciais da partida foram de muita intensidade, as equipes se revezavam no ataque. Até que Rodney aproveitou o cruzamento de Diogo, na medida, para abrir o placar no Titão. Três minutos depois, o Sergipe respirou mais aliviado ao fazer o segundo. Mais uma vez Diogo na bola. Ele cobrou a falta e o zagueiro Cirilo tentou cortar, mas acabou tirando do goleiro Felipe Gama. Dois a zero para o Mais Querido.

Já no início do segundo tempo o Sergipe fechou a conta com Rhuan de pênalti, porém ele teve que cobrar duas vezes, pois na primeira a arbitragem marcou invasão de jogadores alvirrubros. O Frei Paulistano até tentou, mas não conseguiu nem marcar o gol de honra jogando em casa.

O jogo

O Frei Paulistano até começou pressionando os visitantes. Aos 2 minutos, Dagil cabeceou e Jean fez grande defesa, mas a arbitragem já tinha marcado impedimento do atacante do Frei Paulistano. O jogo começou bastante agitado, as equipes se revezavam no ataque. E, aos 11, após o lançamento de Edcarlos, um bate e rebate na área, a bola sobrou para Zé Antônio que chutou, mas não acertou o alvo.

Daí em diante o camisa 11, Diogo, comandou o Sergipe. Aos 14 minutos da etapa inicial, Diogo fez boa jogada pela direita e cruzou na área. Rodney não perdoou, mandou para a rede, abrindo o placar no Titão. Três minutos depois o mesmo Diogo cobrou falta e o zagueiro Cirilo marcou gol contra, desviou a bola e enganou o goleiro Felipe Gama. Era o segundo do Sergipe em Frei Paulo. 

Além disso, só mais dois lances chamaram atenção. Um com o zagueiro Cláudio Baiano, que recuou para o goleiro e quase complica a vida de Jean, que conseguiu mandar para longe a bola. O outro com Léo Cotia, em jogada individual, mas sem pontaria para diminuir o placar. O Frei Paulistano pressionou muito no final da etapa, porém não foi eficiente e o Sergipe perdeu Diogo, destaque até então, que saiu lesionado com um estiramento na coxa.

Na etapa final, o Sergipe voltou pressionando os donos da casa para tentar definir de vez o jogo. E foi o que aconteceu. Logo aos 3 minutos, Dagil derrubou Rodney na área, pênalti para o Sergipe. Rhuan teve que cobrar duas vezes para valer uma, já que na primeira houve invasão alvirrubra na grande área, era o terceiro do Mais Querido em Frei Paulo.

O Touro tentava em chutes de fora da área e jogadas aéreas. Zé Antônio e Cleriston tiveram boas chances, mas não conseguiram balançar a rede alvirrubra. Já na reta final, Marinho Donizete teve duas oportunidades, porém não conseguiu concluir com eficiência. Contudo não fizeram falta, pois os visitantes saíram do Titão com 3 pontos, 3 gols marcados e nenhum sofrido.

Globo Esporte / SE