Fora de casa, Lagarto vence Socorrense; Siri só tinha 2 atletas no banco de reservas

Deu Lagarto no Lelezão. Na tarde deste domingo, em Nossa Senhora do Socorro, os donos da casa receberam o alviverde e perderam por um a zero, o gol foi marcado por Moacir, no início do segundo tempo. Uma curiosidade é que o Socorrense só tinha dois jogadores no banco de reservas, pois outros atletas não foram regularizados a tempo no BID da CBF.

O jogo foi bastante equilibrado no estádio Wellington Elias. O gramado também não ajudou muito às equipes, que sofreram para tocar bem a bola e acertar o pé nos chutes de fora da área, que foram vários, dos dois lados.

Os goleiros também, quando foram acionados, estiveram bem. O Lagarto foi até um pouco melhor que o Siri no jogo, porém o goleiro alviverde salvou em alguns momentos e ajudou aos visitantes a saírem de Socorro com os três pontos.

A jogada que definiu o confronto foi no início da etapa final. O atacante Paulista cruzou do lado esquerdo de ataque. A zaga não cortou e, após o bate e rebate na área, Teté, do Socorrense, acabou dando um passe para trás, ou seja, deu um "presente" a Moacir, que não vacilou, e estufou a rede dos donos da casa, marcando o único gol da partida.

Globo Esporte / SE