Globo se pronuncia sobre boatos de ter feito campanha para Huck

A presença de Luciano Huck no 'Domingão do Faustão' causou a maior polêmica. Isso porque, segundo informações do 'Estadão Conteúdo', integrantes do PT entraram com representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a emissora por suposto abuso dos meios de comunicação e de poder econômico. No programa, Huck falou sobre o atual cenário político do Brasil.

Em nota divulgada à imprensa na terça-feira (09), a Globo informou que cumpre a legislação eleitoral, tem política interna rigorosa e não apoia qualquer candidato nas eleições de 2018. Ainda no texto, a emissora afirmou que se limitará a realizar cobertura jornalística das eleições de 2018 seguindo as regras de seus princípios editoriais: "No período que antecede anos eleitorais, conversamos com diversos profissionais do nosso casting para relembrá-los sobre as regras que, entre outras restrições, impedem que contratados da emissora que desejem se candidatar permaneçam no ar em qualquer programa". 

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) entraram com representação no TSE contra a TV Globo e os apresentadores Fausto Silva e Luciano Huck na segunda-feira (08), alegando que, durante o programa, houve uma "demonização da atual política, dos políticos que a representam, dos pré-candidatos que ostensivamente já se apresentaram para a sociedade como postulantes ao cargo presidencial e, de forma subliminar, a exaltação da pré-candidatura de Luciano Huck". 

Ibahia