Jogador da Socorrense está foragido da polícia

Roberto Bruno, zagueiro da Socorrense, está foragido da polícia civil. O atleta é acusado de ser integrante de uma associação criminosa especializada em tráfico de drogas na área do Santa Maria.

O jogador morava no município de Nossa Senhora do Socorro e fez parte do elenco campeão da segunda divisão do Campeonato Sergipano do ano passado. O presidente da equipe, Saulo Medeiros, lamentou o envolvimento do defensor com o crime. “Era um menino aqui da cidade, a gente conhecia... situação triste. Chegou a treinar e desapareceu”, disse.

Por conta do desempenho em campo, Roberto teria o contrato renovado para esta temporada. “Já tinha um pré-contrato com nosso time. Agora, fomos atrás de outro jogador para a posição. Vamos tomar nossas decisões”, garantiu.

O delegado Gilberto Guimarães, da 9º Delegacia Metropolitana, um dos encarregados da investigação, afirmou que já existe um mandado de prisão em aberto contra o acusado. “Ele tem ciência disso, mas resolveu se ausentar do imóvel onde reside”. A polícia realiza buscas para prender ele e outra suspeita de integrar o grupo criminoso.

Infonet