Com corte nos salários, servidores do Detran suspendem exames práticos

Servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe (Detran), responsáveis pela aplicação dos exames práticos de direção, estão de braços cruzados em resposta ao corte nos vencimentos publicado pelo Governo do Estado no Diário Oficial dessa segunda-feira (5).

No começo da manhã desta terça-feira (6), os trabalhadores fizeram uma manifestação na sede de autarquia, na zona sul de Aracaju. Haverá uma redução de 50% na comissão que, segundo a categoria, já é a menor do país, passando dos atuais R$ 800 para R$ 400.

O coordenador geral de exames do Detran disse que não há previsão de retorno do serviço, mas todos os atendimentos serão reagendados. Ainda segundo ele, as autoescolas já sabiam da paralisação desde a tarde dessa segunda e deveriam ter informado aos candidatos.Para esta terça, estavam agendadas 80 provas práticas de moto na unidade central, que serão remarcadas. 

A unidade da cidade de Canindé do São Francisco, no norte do estado, também teve o atendimento comprometido.Quem estava com a prova prática agendada ficou na bronca. “Chegamos aqui às seis horas da manhã e não tem informação sobre a paralisação. Perdemos o dia de trabalho, vamos ter que pagar mais taxas na autoescola e passagens”, reclamou o candidato Antônio Carlos Nascimento.

Em nota, o Departamento declarou que “a diretoria tem mantido o diálogo com a categoria em busca de uma solução que garanta o retorno às atividades”.

Segundo o Governo, as medidas de ajuste fiscal "são um esforço frente às despesas do Estado, visando normalizar o pagamento dos salários dos servidores públicos e dos inativos", que têm recebido os vencimentos com atraso e, no caso dos inativos, parcelados. 

F5 News