Estado pede à Justiça liberação de dinheiro para pagar a aposentados

É cada vez pior a situação financeira do Estado.

Sem conseguir pagar em dia aos aposentados, o governo recorre à Justiça para poder utilizar recursos aplicados para o Fundo de Previdência.

De acordo com a aplicação, os recursos só podem ser sacados no final do mês de agosto deste ano.

Recentemente, em ação movida pela PGE, o Estado conseguiu a liberação de parte desses recursos, que dependem agora da execução da decisão do desembargador Diogenes Barreto por parte do Banco do Brasil:

BANCO DO BRASIL S/A E BB GESTÃO DE RECURSOS DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS impetraram o presente mandado de segurança contra ato do Desembargador José dos Anjos, que, na condição de Relator do Agravo de Instrumento nº 201800801895, proferiu decisão deferindo tutela de urgência pleiteada pelo Estado de Sergipe, bem como pelo SERGIPEPREVIDÊNCIA, e determinou que os impetrantes procedessem, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, com o resgate das cotas do SERGIPEPREVIDÊNCIA perante os Fundos de Investimento BB PREVIDENCIÁRIO TP RF IX e BB PREVIDENCIÁRIO TP RF XII, administrados pelos impetrantes.

Sustentam os impetrantes que o SERGIPEPREVIDÊNCIA possui cotas de investimentos nos referido fundos (BB PREVIDENCIÁRIO TP RF IX e BB PREVIDENCIÁRIO TP RF XII) no valor total de R$ 84.488.740,75 (oitenta e quatro milhões, quatrocentos e oitenta e oito mil, setecentos e quarentas reais e setenta e cinco centavos), sendo que a Autarquia pretende o resgate do referido valor com a justificativa de que pretende honrar a folha de pagamento dos servidores inativos e pensionistas do Estado de Sergipe, mesmo antes do término do prazo de carência do referido investimento, qual seja, 15/08/2018.

Por: NE Noticias