Torcedores da Leão Chopp protestam contra a diretoria e pedem renúncia de presidente do Amadense após rebaixamento

O péssimo momento vivido pelo Amadense em campo passa a refletir de maneira cada vez mais negativa na relação entre a diretoria e a torcida Alviverde. 

Na tarde deste último domingo (25), após a derrota em casa para o Confiança, a torcida organizada Leão Chopp se reuniu em frente ao Estádio Brejeirão e protestou veemente contra a cúpula do Amadense, em especial contra o presidente Luiz Antônio da Silva (Lolô), pedindo, em cantos, a renúncia do atual mandatário que está à frente do clube desde a sua fundação.

O clima intempestivo entre torcida e diretoria vem se alastrando desde o começo do ano, quando a equipe deixava clara várias falhas graves no planejamento traçado pela diretoria. No momento, o Amadense ocupa a penúltima posição do Campeonato Sergipano, praticamente rebaixado para a Segunda Divisão do Estadual. 

À procura de um milagre na última rodada, o Leão do Rio Real volta a campo neste próximo sábado, contra o Lagarto, às 15h35 (de Brasília), no estádio Paulo Barreto, em Lagarto. 

Para não ser rebaixado, o Amadense precisará vencer o Lagarto por 7 x 0 e torcer por uma derrota simples do Frei Paulistano contra a Socorrense.



Por: Jornalista Eduardo Góis / Site Gata Amarrada