.

Sérgio Viana está detido na Cadeia de Estância (SE)

O advogado Evânio Moura vai ajuizar nesta sexta-feira, 16, um pedido de habeas corpus em favor de Sérgio Costa Viana, atual superintendente do Hemose e ex-secretário municipal de articulação política do município de Aracaju. Ele foi encaminhado à Cadeia de Estância depois de ter sido preso preventivamente sob acusação de obstrução das investigações relacionadas à Operação Caça Fantasmas.

Sérvio Viana, que geriu a Seapri na gestão do prefeito João Alves Filho, foi preso na manhã desta quinta-feira, 15, a pedido do Ministério Público Estadual (MPE). O ex-diretor financeiro da mesma secretaria, Ricardo Alberto Gonçalves, também foi preso sob a mesma acusação.

Sérgio Viana prestou depoimento no Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap), mas por orientação de sua defesa, manteve-se em silêncio.

Evânio Moura confirmou que ele foi encaminhado à Cadeia Pública Tabelião Filadelfo Luiz da Costa, localizada em Estância. O advogado esclareceu que o processo corre em segredo de justiça, e que está se inteirando dos detalhes para posteriormente pedir o habeas corpus.

Também na manhã de hoje, policiais civis cumpriram um mandado de busca e apreensão foi expedido contra o também ex-gestor da Seapri e atual vereador, Juvêncio Oliveira [DEM].

Sérgio Viana, Ricardo Gonçalves e Juvêncio Oliveira  são acusados de instruir e intimidar testemunhas e outros investigados, impedindo a descoberta da verdade em relação aos cargos fantasmas da Seapri e à apropriação indevida de parcela das remunerações de alguns desses servidores que não trabalhavam.

Por: Portal Infonet