Sergipe registra queda de 25% em vítimas de acidentes de trânsito

Um balanço divulgado pelo Hospital de Urgências de Sergipe (Huse), nesta quarta-feira (28), com base em dados do Sistema Integrado de Informatização do Ambiente Hospitalar (Hospub), do Ministério da Saúde (MS), revela uma redução de 25% no número de vítimas de acidentes de trânsito nos dois primeiros meses do ano.

No ano passado (2017), foram registrados 6.850 pacientes vítimas de acidentes no trânsito, entre automobilísticos (783), motociclísticos (5.839) e atropelamentos (228). Desse total, 1.788 pacientes ficaram internados para cirurgias, novos exames e outros procedimentos.

Segundo o levantamento, nos meses de janeiro e fevereiro deste ano houve o registro de 992 vitimas de acidentes, enquanto que no mesmo período do ano passado foram 1327.

O coordenador do Pronto Socorro do Huse, Vinícius Vilela, afirma que as estatísticas estão reduzindo, mas ainda é significativa a quantidade de pacientes que chegam à Área Verde Trauma vítimas de acidentes de trânsito. “Isso representa um custo muito alto em assistência hospitalar, UTI (para os casos mais graves), insumos, equipamentos, exames, entre outros”, disse.Villela destaca ainda que muitos desses acidentes estão ligados à imprudência como falta do uso de equipamentos de segurança, além da ingestão de álcool e excesso de velocidade.

Sequelas

Em cerca de 30% desses casos as sequelas existem e muitas são definitivas, como  paraplegias, tetraplegias, deformidades ósseas e amputações. Nos outros 70%, as vítimas sofrem sequelas parciais, como restrições de movimentos e dores.

A gerente da Área Verde Trauma, Débora Feitosa, ressalta que as campanhas educativas devem ser contantes para reduzir ainda mais as estatísticas, não só em Sergipe, mas em todo o Brasil.“Conscientizar a população é fundamental e essas campanhas sempre trazem um alerta importante que acaba refletindo aqui no Huse e ajudando a reduzir as nossas estatísticas”, afirmou.

*Com informações da Secretaria de Estado da Saúde