Após empate com América-RN, Raí cobra reação: "Nossa obrigação é vencer lá"

Confiança e América de Natal entraram em campo na noite desta última quinta-feira em partida válida pelo confronto de ida do mata-mata do pré-Nordestão. Jogando em casa, o time azulino começou em desvantagem no marcador, mas logo buscou a reação e a virada. O primeiro gol foi polêmico. Raí levantou a bola na área e Léo Ceará, em posição irregular, fez o movimento do cabeceio mas não tocou na bola. Mesmo assim atrapalhou o goleiro e participou de forma indireta da jogada. Porém o árbitro validou. No segundo tempo Rafael Villa marcou o segundo dos proletários. Cascata empatou de pênalti para os potiguares e os azulinos retomaram a dianteira no placar com Everton Santos. Quando o resultado parecia controlado, Flávio Carioca deixou tudo igual, 3 a 3 o placar do jogo.

Pelas chances criadas principalmente no segundo tempo, o resultado teve um gosto de derrota para o Confiança. A partida de volta acontece na quinta-feira que vem, desta vez na Arena Das Dunas. Quem vencer garante vaga na fase de grupos do Nordestão em 2019. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Autor do primeiro gol do Confiança no jogo, o meia Raí lamentou bastante o fato de o time ter perdido a chance de construir uma vitória em casa pediu reação em Natal.

- Nossa obrigação agora é de vencer lá na casa do rival. Nós fizemos um jogo forte aqui. Pecamos em alguns momentos quando saiu o gol deles, mas corremos sempre atrás, conseguimos fazer o gols, poderíamos ter vencido mas não conseguimos segurar - disse o meia.

O Confiança volta a jogar neste domingo, às 16h, na Arena Batistão. Desta vez a competição é a Série C e o adversário o Salgueiro. Os proletários estrearam com vitória fora de casa contra o Juazeirense.

- Agora é pensar na Série C. A gente sabe que é uma competição diferente, jogando em casa nós temos que buscar o resultado positivo e na outra semana lá em Natal buscar a classificação para a fase de grupos da Copa do Nordeste do ano que vem. A gente tem que continuar jogando deste jeito. O nosso time é assim, sempre jogando para frente. Não tem muito o que falar. Jogamos bem, faz parte do futebol - comentou Raí.

Após o fim da partida contra o América de Natal, alguns torcedores do Confiança, insatisfeitos com a temporada ruim que o time vem fazendo, protestaram e cobraram bastante os jogadores e comissão técnica.

- A torcida está certa. O torcedor vem para o estádio para ver o time ganhar. Quando não acontece ele cobra mesmo. É normal, nós entendemos isso. Temos que continuar sempre trabalhando focado que quando os resultados aparecem o torcedor fica do nosso lado - finalizou o meia Raí.

Por: Globo Esporte / SE