Clubes de futebol terão repasses investigados pelo TCE em Sergipe

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) investigar cinco prefeituras municipais que possuem clubes de futebol em suas sedes. A intenção é constatar a regularidade deste tipo de operação, se obedecem a formulação legal.

Os detalhes da apuração serão decididos em reuniões posteriores. Cidades como Aracaju, Carmópolis e Lagarto podem ser alvo das investigações. “Tem toda uma cadeia. Existe uma autorização que pode ser genérica, mas tem que verificar, principalmente, duas coisas: todo repasse de recurso tem que observar a regularidade fiscal, ou seja, se o clube está apto a receber. Depois, ver se há interesse público vinculado neste repasse e se ele é atendido”, justificou João Augusto Bandeira de Mello, procurador-geral do Ministério Público de Contas.

A iniciativa partiu de uma informação de que, por contas das faltas de certidões, os clubes receberiam as quantias por intermédio da federação. “É mais uma preocupação e o Tribunal de Contas têm que colocar no alerta para analisar”, completou.

Eventuais repasses do Governo do Estado aos clubes de futebol também podem ser investigados pela Corte de Contas.

O presidente da Federação Sergipana de Futebol (FSF), Milton Dantas, explicou que, atualmente, possui dois contratos de patrocínio publicitário com as prefeituras de Aracaju e Itabaiana, e que as regras são cumpridas rigorosamente. Ele afirmou que preferirá tomar maiores conhecimentos do fato, via oficial.

Por: Portal Infonet