Gerana diz que Segurança Pública em Riachão é partidária e acusa vereador

A situação da falta de segurança encontrada em Riachão do Dantas vem causando uma celeuma política entre os poderes Legislativo e Executivo municipal, e que também passa pelo gerenciamento do setor por parte do Governo do Estado. Tudo graças à postura do vereador Albertino Franco (PROS) que, por livre iniciativa, vem fazendo constantes visitas informais a setores da Segurança Pública do Estado, numa clara tentativa de demonstração de influência política frente a uma área considerada essencial para a população. Nas redes sociais do parlamentar, é possível ver que ele exerce influência no trabalho da polícia no município, inclusive postando, frequentemente, sua presença em reuniões com o comando local da PM.

Do outro lado, a prefeita Gerana Costa (Avante) não esconde seu descontentamento com essa interferência política na segurança pública do município. Através das redes sociais, a gestora afirma não haver boa vontade, por parte da SSP, para atender aos pleitos da população através da Administração Municipal.

 “Venho recebendo constantes ameaças de mortes e diversos casos vêm acontecendo no município, no mínimo de forma duvidosa, como um mesmo, há poucos dias onde um ônibus de estudantes foi assaltado por dois marginais e um deles afirmou que a próxima vítima seria a prefeita de Riachão. Em outros momentos, fui à Secretaria de Estado da Segurança Pública para tentar fazer uma parceria com a SSP, mas estranhamente, nunca aceitaram. Não tem como entender que um vereador passe por cima do Executivo municipal e seja o principal intermediador entre a polícia e a comunidade”, lamentou Gerana.

Em entrevista ao radialista Gilmar Carvalho, o governador Belivaldo Chagas foi questionado se tinha conhecimento sobre o assunto. Ele confirmou que já sabia, mas sugeriu que, oficialmente, a prefeita fizesse a denúncia a ele próprio. “Dona Gerana é uma pessoa que conheço há muitos anos, já tivemos uma relação política muito próxima, mas aguardo que ela me encaminhe, por escrito, dando o nome às pessoas envolvidas, para que eu possa tomar as devidas providências”, afirmou, acrescentando que já conversou com o secretário de Segurança Pública do Estado e também o comandante da PM-SE sobre Riachão do Dantas.

“Quero reafirmar ao governador, que assumiu recentemente o comando do Estado, que mesmo sendo de agrupamentos políticos opostos, mantenho a mesma vontade de fortalecer a segurança em nosso município, mas de forma apartidária”, encaminhou, a prefeita, através de uma mensagem ao número de telefone de Belivaldo Chagas.

Fonte: Ascom