Jackson pede desculpas à família de Déda

O governador Jackson Barreto (PMDB) reagiu à polêmica que seu comentário  causou na imprensa na última semana sobre o destino dos recursos originários do Proinvest. Ele tuitou na última quinta-feira, 29, que seu comentário estava sendo usado pela oposição para desunir o grupo e pediu desculpas à família do ex-governador Marcelo Déda (PT).

Na última semana, durante entrevista, o governador deu declarações quanto ao destino dado pelo ex-governador Marcelo Déda aos recursos do Proinvest, que deveriam ter sido aplicados em obras. Segundo o governador Jackson Barreto, o ex-governador Marcelo Déda teria usado estes recursos para pagamento dos salários dos servidores.

Logo após a entrevista, a viúva do ex-governador postou mensagem em suas redes sociais, declarando-se perplexa e entristecida com aqueles comentários do governador Jackson Barreto.

Confira a postagem do governador na íntegra:

“Quero esclarecer um ato falho que cometi na entrevista que concedi esta semana ao radialista Gilmar Carvalho, onde expus erroneamente uma questão sobre o Proinvest que na verdade não houve. Quero ficar em paz com minha consciência e pedir desculpas a todos, admiradores, amigos, a Eliane Aquino e familiares de Marcelo Déda, pessoa pela qual sempre tive o maior carinho e apreço.

Nunca tive a intenção de ferir sua memória. Ao contrário, todos os meus gestos foram sempre no sentido no exaltá-lo. Na própria entrevista, e em todas minhas falas sobre Déda, sempre deixei claro minha admiração pela sua trajetória pautada na competência e na ética.

Os recursos do Proinveste foram aplicados ao longo do meu governo em obras que foram realizadas em vários municípios e outras ainda em andamento.

Já prestamos contas à Caixa Econômica Federal da primeira parcela, que aprovou a prestação de contas, e já estamos aptos a acessar a segunda parcela dos recursos, para realizar mais obras.

O programa que já existia na verdade era o “Sergipe Infraestrutura” que já tiveram seus recursos aplicados, sua prestação de contas finalizada e aprovada. Cometi um erro e peço desculpas.”

Por: Portal Infonet