Pastor atira mulher no chão em culto e ela perde o movimento das pernas

O pastor José Raimundo da Silveira, de 42 anos, foi indiciado pela Polícia de Carauari (a 702 quilômetros de Manaus) por lesão corporal a uma fiel da igreja evangélica.

Durante um culto, Silveira jogou Juliana Martins Costa, 28 anos, no chão com a intenção de curá-la de um desconforto na coluna vertebral.

De acordo com informações colhidas de outros fiéis no templo, a jovem estava sentido dores quando o pregador se prontificou a mostrar o poder da fé dele.

Apostando na força da sua fé e na força física, Silveira disse que ela seria “curada por Deus”, caso fosse atirada no chão.

Juliana está tetraplégica – perdeu o movimento das pernas.

Pastor

A família queria indiciar o religioso por lesão corporal dolosa, quando há intenção de matar, mas a polícia registrou o caso somente como lesão corporal.

O site mixturando ouviu o pastor e ele respondeu que está sendo vítima de uma conspiração e que não se alongaria no assunto.

Por: Mixturando