Sergipe tem casos confirmados de H1N1, H3N2 e influenza B

De janeiro até a primeira quinzena de abril foram registrados seis casos de H1N1 e dois casos de H3N2 em Sergipe. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde nesta quarta-feira (18). Os dados são do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), unidade da Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH) que realizou no período 136 testes.

De acordo com o Lacen, outros vírus respiratórios circulantes foram identificados: 10 Adenovirus, quatro Parainfluenza 3, um Parainfluenza 1, um Vírus Sincicial Respiratório e um Metapneumovirus.

De acordo com o gerente de Biologia Molecular do Lacen, Cliomar Alves dos Santos, os testes são realizados com amostras de secreções respiratórias (nasofaringe) ou aspirado nasal, coletados nos pacientes com suspeita de virose.“Aqui no Lacen esse material é cadastrado no sistema e vai para o laboratório, onde passa pelo processo para amplificação do material para detecção da presença do vírus e sua identificação” detalhou o farmacêutico-bioquímico.

Cliomar diz ainda que a análise genética de amostras colhidas em pessoas com suspeita de viroses contribui para formulação de vacinas e agilidade no tratamento da população.Ele explicou também que os resultados dos exames de PCR Influenza são entregues em dois dias úteis, excedendo as expectativas das normativas do Ministério da Saúde voltadas para melhoria da qualidade e atendimento, no tratamento dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Por: F5 News