Venda irregular de agrotóxico é fiscalizada no interior

Com objetivo de proteger a saúde pública e o meio ambiente, a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) tem reforçado suas ações de fiscalização no comércio de agrotóxicos, sobretudo, no combate à venda clandestina, ao comércio do produto sem receita agronômica ou fracionado, e em pontos identificados através do serviço investigativo da Coordenadoria de Defesa Vegetal da empresa.

Ao todo, de janeiro a março deste ano, foram fiscalizados 12 municípios: Itabaiana, Nossa Senhora da Glória, Frei Paulo, Ribeirópolis, Lagarto, Simão Dias, Feira Nova, Carira, Poço Verde, Itabi, Graccho Cardoso, Nossa Senhora Aparecida, nos quais 49 estabelecimentos comerciais receberam a ação dos fiscais agropecuários. Com a fiscalização, as principais irregularidades encontradas foram à falta de registro do estabelecimento junto a Emdagro, produtos vencidos e a falta da receita agronômica, além disso, foram apreendidos 538 litros de agrotóxicos.

“Alertamos que o produtor rural deve ficar atento a esse tipo de comércio que podem gerar sérios prejuízos na sua propriedade, desde intoxicação de quem está manuseando o produto, como também contaminação dos alimentos produzidos”, alertou a Coordenadora de Defesa Vegetal da Emdagro, Aparecida Andrade.

Segundo ela, o produtor rural só deve adquirir agrotóxicos quando orientado por um Engenheiro Agrônomo, porque somente um profissional habilitado saberá dizer da necessidade ou não do uso do produto que se está querendo comprar. “A maneira correta de comprar agrotóxicos é com a Receita Agronômica, e em locais devidamente registrados junto a Emdagro”, frisou Aparecida, acrescentando que atualmente o Estado possui 44 estabelecimentos comerciais certificados.

Orientações

Sabendo da importância da mudança de comportamento dos produtores em relação ao uso mais adequado dos agrotóxicos, a Emdagro, através da Coordenadoria de Defesa Vegetal, realizou este ano 03 cursos para aplicadores de agrotóxicos, os quais ocorreram nos municípios de Itabaiana, Feira Nova e Propriá, contando com a participação de 78 trabalhadores rurais.

E dando continuidade a esse trabalho de orientação, está previsto para ocorrer nos dias 26 e 27 de abril/2018 mais um curso sobre a aplicação de agrotóxicos, desta feita no município de Lagarto, onde já estão inscritos 40 trabalhadores rurais.

fonte: Ascom Emdagro