Vice-prefeita de Itabaianinha rompe com prefeito, muda de partido e é pré-candidata a deputada estadual

A empresária Janier Mota iniciou a sua carreira política em 2016, foi eleita vice-prefeita do município de Itabaianinha pelo PPS, na chapa encabeçada por Danilo Carvalho (MDB), filho do ex-prefeito Joaldo de Laranjeiras, e anunciou sua pré-candidatura a deputada estadual. Janier aproveitou a janela partidária e trocou o PPS pelo PR, a convite do prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho.

O prefeito Danilo Carvalho não apoiou a pré-candidatura de Janier Mota a deputada estadual e eles romperam. A vice-prefeita deixou o partido que integra a base aliada a Prefeitura de Itabaianinha e se filiou a uma sigla do agrupamento da oposição, mas nega que mudou de lado e garante que sua candidatura é independente.

“Não fiz parte da situação e não vou para a oposição. Estou entrando na política para servir o povo. Sempre fui filiada ao PPS e neste ano decidi mudar para o PR, mas continuo fazendo o mesmo trabalho de forma independente e quem pode avaliar é o povo”, garante.

Eleições 2018

Janier Mota anunciou a sua pré-candidatura a deputada estadual no fim de 2017 e recebeu apoio do grupo da oposição, liderado pelo senador Eduardo Amorim (PSDB) e do deputado federal André Moura (PSC).

“Estou pré-candidata a deputada estadual e quero colocar meu nome à disposição para o povo escolher. A Assembleia Legislativa de Sergipe precisa de mais representatividade feminina. As mulheres são mais cuidadosas e têm um olhar mais sensível para os problemas da população. Temos apenas quatro deputadas entre os 24 parlamentares e precisamos mudar”.

Questionada se procede a informação que ela teria sido convidada para ser candidata a vice-governadora na chapa da oposição, encabeçada por Eduardo Amorim ou André Moura, Janier despistou.

“Não houve nenhum convite formal. Admiro muito o trabalho do senador Eduardo Amorim e acredito que nosso bloco político dispõe de bons nomes para compor a chapa. André Moura vem se destacando muito na busca por recursos para os municípios sergipanos e tem meu apoio”, elogia.

Cenário político

A pré-candidata a deputada estadual preferiu não avaliar o governo de Belivaldo Chagas (MDB). “É cedo para avaliar o governo, mas torço para que Belivaldo faça um bom trabalho. O desafio é muito grande”, reconhece.

“A situação de Sergipe não é diferente do cenário nacional. A crise está em todos os setores e a população quer mudança e renovação para driblar essa realidade”, garante.

Janier disse que pretende fazer um mandato participativo na Assembleia Legislativa. “A minha candidatura é independente e meu compromisso é com o povo sergipano. Quero fazer um trabalho participativo, dando voz ao povo. Quero ouvir todos os problemas para saber as necessidades de cada um e estar perto para buscar alternativas. Faço trabalho social há anos e me sinto preparada para exercer este cargo”.

Por: CINFORM