Em Sergipe, pode faltar produtos nos supermercados, ônibus nas ruas e combustível para viaturas da PM e do SAMU

A greve dos caminhoneiros chega ao 4º dia sem que o governo federal tenha dado uma só demonstração, primeiro, de querer evitá-la, depois de convencer os trabalhadores a voltar a transportar a economia do País.

A única medida, tradução da incapacidade de um governo que agride a inteligência brasileira, foi anunciar a redução do preço do óleo diesel em 10% POR APENAS 15 DIAS.

As baratas tontas não podem ser comparadas ao governo mais impopular da História do Brasil.

Supermercados, ônibus, PM e SAMU

A irresponsabilidade do Congresso Nacional, que já devia, há décadas, ter feito a Reforma Tributária, pode também contribuir para a falta de produtos em supermercados e combustível para viaturas da Segurança Pública e do SAMU também em Sergipe.

Com pouco combustível, o Setransp avisa que pode ter que parar TODOS OS ÔNIBUS no domingo.

Por: NE Noticias