Falta de botijões de gás começa a ser anunciada em Sergipe

Em Sergipe, os proprietários de distribuidoras de botijões de gás estão sentindo na pele e no bolso os impactos da paralisação dos caminhoneiros.  “Estou vivendo no caos do caos”, disse Romildo de Araújo, proprietário de um ponto localizado no Santos Dumont, que afirmou já está sem estoque. 

Em conversa com a equipe de reportagem, Romildo de Araújo comentou que direcionou o caminhão para repor o estoque, mas ocorreu um imprevisto no meio do percurso. “Estou vivendo no caos do caos. O caminhão está preso em Estância e não é nem voltando, ainda está indo pegar. Estou sem nada”, revelou. 

Sem revelar o prejuízo exato que vem tendo, Romildo de Araújo assegura que as cifras já preocupam e, principalmente, o não atendimento dos consumidores. Contudo, enquanto fica sem “nada para fazer” na distribuidora, o empresário vem realizando manutenção nos veículos. “Quando voltar à normalidade, estaremos prontos para começar”, detalhou. 

Além disso, Romildo acrescentou que muitos empresários estão na mesma situação. “Tenho colegas que fecharam o estabelecimento e foram descansar no interior”, contou.

Por: A8