Inauguração de obras em Tobias Barreto acirra rivalidade entre Diógenes e Dilson

Nesta quinta, a Prefeitura de Tobias Barreto inaugurou, junto ao deputado federal Fábio Reis - que viabilizou os recursos através de emendas – as obras de urbanização de três praças. As localidades contempladas foram Pedra de Amolar, Curtume e Borda da Mata.

Ocorre que as três obras foram iniciadas na gestão passada, a de Dilson de Agripino, PPS, que, ao saber das inaugurações, tratou de produzir e divulgar um vídeo no qual conta que as obras pertencem à sua gestão e que, portanto, são fruto de seu trabalho e não do de Diógenes Almeida, atual prefeito.

Diógenes, por sua vez, tratou de mostrar que, para a retomada das obras, foram necessários uma auditoria e muitos aspectos burocráticos, já que algumas delas apresentavam irregularidades. “Infelizmente, o andamento das ações seguiu no ritmo burocrático e não no ritmo que gostaríamos”, disse Diógenes.

Dilson, que é pré-candidato a deputado estadual, quer agregar as três praças ao seu espólio de ex-prefeito a fim de utilizá-las como algo de campanha. Mas, ao fazê-lo, esquece-se de que a gestão é impessoal, de que projetos iniciados e não finalizados fazem parte do ciclo natural da política e de que atos com dinheiro público pertencem mesmo é ao povo.

Por: JL Política