O Globo denuncia esquema entre ministro e empresário sergipano na construção de casas do programa Minha Casa Minha Vida, em Tobias Barreto (SE)

O Jornal O Globo divulgou um esquema entre a empresa GP Engenharia, do empresário Geraldo Majela de Menezes Neto e o ministro Gilberto Occhi (PP) na construção de 610 moradias para famílias de baixa renda, dentro do programa Minha Casa Minha Vida, em Tobias Barreto (SE).

O Ministério das Cidades liberou em 2014, na gestão do então ministro Gilberto Occhi (PP), R$ 34 milhões para projetos tocados pela empresa de um parceiro de negócios do filho e do enteado do político, que é hoje titular da Saúde.

Os contratos com a empreiteira foram assinados após a venda, em 2013, das três lotéricas que conseguira em Alagoas, em conjunto com Gustavo Occhi, filho do ministro, e Diogo Andrade dos Santos, filho da mulher dele.

Occhi é alvo de apurações internas na Caixa - na qual fez carreira e ocupou os mais importantes cargos. Existem sindicâncias abertas no banco apurando possíveis irregularidades na gestão de Occhi. O ministro faz referência a Geraldo Majela como "amigo da família".

Foto: Agência Brasil