Oito homens suspeitos de executar capitão Oliveira morrem em confronto com a polícia

Oito homens suspeitos de executar o capitão Manoel Oliveira, então comandante da Companhia Integrada de Patrulhamento em Áreas de Caatinga, morreram em confronto com a polícia no loteamento Marivan, Bairro Santa Maria. Os homens estão no necrotério do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).  A operação que visava prender os suspeitos, foi deflagrada no início da manhã desta sexta-feira, 18, pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

A SSP através de nota informa que as investigações foram coordenadas pelo Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), que se baseou nas informações checadas através do 181 e pelas diligências realizadas na investigação policial.

A Secretaria informa ainda que a ação contra a pistolagem parte na região Norte da Bahia e alto sertão de Sergipe. Em setembro do ano passado, foi preso um trio relacionado com o crime de pistolagem na Bahia, Sergipe e Alagoas, tendo como foco a cidade de Pedro Alexandre, na Bahia.

A SSP conclui informando que até o momento houve sete confrontos com investigados em Aracaju, Poço Redondo, Barreiras (BA) e Paulo Afonso (BA), onde três foram presos e serão conduzidos ao Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope).

Com informações da SSP Sergipe