Sergipanos com CNH física podem solicitar a versão digital

Desde o dia 30 de janeiro, os sergipanos já podem solicitar gratuitamente a Carteira Nacional de Habilitação no formato digital. A partir de maio do ano passado, os condutores que renovaram a habilitação já receberam o documento com o QR Code (código de barras bidimensional), que é necessário para iniciar o processo da CNH Digital (CNH-e).

A versão digital além de trazer mais praticidade aos condutores, tem a mesma validade de versão imprensa, mas é preciso ter o aplicativo ‘CNH Digital’ instalado no smartphone, que pode ser baixado pela Google Play Store e pela App Store.

Se na abordagem o condutor estiver com o aparelho descarregado e sem a versão impressa, vai sofrer as penalidades do Código Nacional de Trânsito, no artigo 232, que considera o ato uma infração leve, com multa de R$ 88,38, mais três pontos na CNH e retenção do veículo até a apresentação do documento.

Para requerer a CNH digital, é necessário ter a versão impressa com o QR Code, que já é obtida no ato da renovação do documento. Quem só vai renovar no final do ano, por exemplo, pode antecipar o processo como explica o manual do Detran/SE.

Em Sergipe, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) e a Companhia de Polícia de Trânsito (CPtran) estão aptos para realizarem a fiscalização. Somente a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de Aracaju ainda não possui o sistema para fiscalizar.

Tabela de preços

Processo de renovação 

•Taxa para só CNH física – R$ 182,07 ;
•Taxa para só CNH digital – gratuito; 
•Taxa CNH digital + física) - R$ 182,07 .

Processo de segunda via 

•Taxa para só CNH física – R$ 182,07 ;
•Taxa para só CNH digital – gratuito;
•Taxa CNH digital + física R$ 182,07 .

No caso da 1ª habilitação, os valores são os seguintes: 

•Taxa para só CNH física – R$ 182,07 ;
•Taxa para CNH digital – gratuito;
•Taxa CNH digital + física – R$ 182,07.

Passo a passo

Condutor com QR Code no documento válido de habilitação (emitido a partir de maio de 2017):

1 – Solicitar a CNH-e no Portal de Autoatendimento do Detran/SE (www.detran.se.gov.br), clicar na opção “Serviços de Habilitação” e, em seguida, em “CNH Digital (CNH-e)”. Confirmar o interesse pela versão digital da habilitação.

2 – Encaminhar-se a uma unidade de atendimento da autarquia para realizar a identificação biométrica.

3 – Realizar o cadastro no Portal de Serviços do Denatran. Entrar em seu e-mail e, através do link, realizar login no Portal do Denatran, onde deverá atualizar os seus dados. E, em seguida, ativar o cadastro.

4 – Baixar o aplicativo ‘CNH Digital’ em seu smartphone (disponível para Android e iOS) e fazer o login.

Condutor sem QR Code em seu documento de habilitação:

1 – Solicitar algum processo que resulte na impressão de novo documento de habilitação, a exemplo de renovação, CNH Definitiva, Mudança ou Adição de categoria, cumprindo as etapas necessárias para cada um desses serviços (pagamento das taxas e identificação biométrica).

2 – Durante a requisição do novo processo, solicitar ou não a versão digital além do documento impresso.

3 – Após receber o documento impresso, realizar o cadastro no Portal de Serviços do Denatran – portalservicos.denatran.serpro.gov.br. Entrar em seu e-mail e, através do link, realizar login no Portal do Denatran, onde deverá atualizar os seus dados. E, em seguida, ativar o cadastro.

4 – Baixar o aplicativo ‘CNH Digital’ em seu smartphone (disponível para Android e iOS) e fazer o login.

Por: G1/SE