Vendas em supermercados caem 30% em Sergipe

A paralisação dos caminhoneiros completa oito dias nesta segunda-feira (28) e os reflexos já podem ser sentidos em diversos setores, entre eles, o supermercadista. Em Sergipe, segundo a Associação Sergipana de Supermercados (ASES), o segmento já acumula queda de 30% nas vendas de forma geral e de 80% no grupo de hortifrutigranjeiros.

Segundo o presidente da ASES, Francisco Firmino Albuquerque, muitos produtos já estão faltando, a exemplo de frutas e legumes e, por isso, algumas lojas estão limitando a quantidade de mercadorias por cliente. “Foi uma medida adotada para que se tenha uma divisão mais justa, para facilitar o acesso aos produtos”, explicou.

Albuquerque disse ainda que a situação é preocupante, já que, além do prejuízo para o setor, é grande o risco de um desabastecimento geral. “Nós não estamos acostumados com essa situação, nosso estoque é pequeno, para uma semana, 10 dias e não esperávamos que essa paralisação fosse durar tanto”, disse.

O presidente da associação disse ainda que não tem o que fazer a não ser esperar uma resolução para o impasse entre caminhoneiros e governo.

Por: F5 News