Árbitro de vídeo decisivo e pênaltis perdidos: como foi o terceiro dia da Copa

Quatro jogos válidos pelos Grupo C e D da Copa do Mundo ocorreram neste sábado (16). No primeiro jogo do dia, a França venceu a Austrália por 2 a 1. Em seguida, a Argentina ficou no empate em 1 a 1 com a Islândia. Mais tarde, o Peru foi derrotado pela Dinamarca por 1 a 0 e a Croácia bateu a Nigéria por 2 a 0.  

França 2x1 Austrália

Pela primeira vez na história das Copas do Mundo, um pênalti foi marcado com o auxílio do árbitro de vídeo. Na Arena Kazan, França e Austrália empatavam em 0 a 0 quando, aos oito minutos do segundo tempo, Risdon derrubou Griezmann dentro da área. Pênalti confirmado com o uso da tecnologia que o atacante do Atlético de Madrid converteu: 1 a 0. Em seguida, a Austrália empatou, mas a França voltou a ficar à frente no placar com gol de Pogba, também confirmado pela tecnologia. Leia a crônica completa da partida. 

Argentina 1x1 Islândia

O dia não foi bom para os sul-americanos que cobraram pênaltis. No empate em 1 a 1 da Argentina com a Islândia pelo Grupo D, Messi desperdiçou uma penalidade. Foi a primeira partida da seleção europeia na história das Copas do Mundo. Leia a crônica completa da partida.

Peru 1x0 Dinamarca

Depois de 36 anos, o Peru voltou com uma derrota à Copa do Mundo. Os dos principais responsáveis pelo resultado foi o atacante Cueva, que, assim como Messi, perdeu um pênalti quando o jogo ainda estava empatado. Leia a crônica completa da partida.

Croácia 2x0 Nigéria

A Croácia estreou na Copa do Mundo de 2018 com vitória por 2 a 0 sobre a Nigéria, em Kaliningrado, com um gol contra de Etebo e um de pênalti de Modric. Mais do que confirmar o favoritismo dos europeus, o resultado colocou medo na Argentina, que empatou em 1 a 1 com a Islândia na abertura do Grupo D. Croatas e argentinos se enfrentam na quinta-feira, às 15h (de Brasília), em um jogo que tornou-se crucial. Se vencer, a Croácia chegará aos seis pontos, garantirá a classificação e deixará a Argentina em xeque, com apenas um. Leia a crônica completa da partida.

Por: Gauchazh