César Menotti diz que samba 'é coisa de bandido' e gera polêmica

Uma declaração do sertanejo César Menotti, da dupla com Fabiano, gerou polêmica nas redes sociais. Durante o programa "Altas Horas", da Rede Globo, exibido no sábado (2), o cantor disse que samba "era coisa de bandido". Menotti descreveu um show da dupla em uma penitenciária, no começo da carreira. "Sempre existem os agitadores que pedem que cante música que sabem que você não canta e insistentemente um agitador gritava: Canta um samba, canta um samba! Eu me desculpei, disse que não cantava esse tipo de música e o Fabiano, em uma grande gafe, comentou: 'E tem mais, samba é música de bandido'", disse.

A declaração não foi bem recebida por muitas pessoas na internet, inclusive, pela compositora e deputada estadual Leci Brandão, que postou um vídeo no Facebook.  "Samba não é música de bandido não. Bandidagem é quem compra a mídia pra gente ter que ouvir um monte de música que não traz nenhuma consciência; bandidagem é quem consegue fazer com que a cultura seja toda direcionada pra quem tem poder", disse Leci, em um vídeo postado no Facebook.

A dupla recebeu diversas mensagens contra a declaração de Menotti.  Aos "Samba não eh música de bandido não. Se um dia os senhores disseram isso, deveriam ter esquecido e nunca terem explanado isso num programa de TV, e os produtores do programa deveriam no mínimo ter filtrado isso. Muito triste sua colocação", disse um internauta.

"Desnecessária a fala dos senhores ontem no programa Altas Horas sobre o povo do samba, sugiro que procurem saber a origem do ritmo mais brasileiro que existe, oriundo das rodas de jongo dos negros e negras escravizados neste país. Os senhores minimamente devem desculpas públicas até pq ficou muito feio e acredito que seus amigos do mundo do samba não gostaram nada e com certeza absoluta não são bandidos", escreveu outra.

Em sua conta no Instagram, o cantor fez um vídeo pedindo desculpas e disse que 'uma piada não é opinião'. 

Por: Ibahia