Mulher morre após se ferir com taça de vinho em comemoração da vitória do Brasil

Uma mulher de 30 anos morreu, na tarde desta quarta-feira, após se ferir com uma taça de vinho quebrada enquanto comemorava a vitória do Brasil no jogo contra a Sérvia, em Itatiba, na região de Campinas. Segundo o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Itatiba, Tamara Maiochi estava sentada numa cadeira com o celular numa mão e a taça na outra. Ela se desequilibrou ao tentar levantar da cadeira para comemorar a vitória e caiu no chão. A taça quebrou e feriu o seu pescoço.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, as pessoas que estavam no local tentaram conter o sangramento enquanto o resgate era chamado, porém Tamara não resistiu e morreu no local. O caso foi registrado na delegacia e está sendo investigado como morte suspeita. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí e foi liberado na manhã desta quinta-feira. Tamara será enterrada na sexta-feira, na cidade de Conchal, em São Paulo.

Segundo a irmã de Tamara, Michelle Maiochi, o jogo já tinha terminado quando o acidente aconteceu. Ela contou que o vidro atingiu "milimetricamente" a principal veia do pescoço.

— É muito importante fazer esse alerta, pois é um perigo que não vemos e pode ser fatal. As pessoas precisam tomar cuidado, foi uma uma tragédia que aconteceu por uma coisa que parece tão pequena. Estamos todos devastados com essa tragédia — disse Michelle. — Que essa tragédia com minha irmã sirva para salvar muitas outras vidas — frisou.

Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte de Tamara com postagens carinhosas.

"O céu está em festa. Lá se vai mais um anjo. Que sua passagem seja tão linda quanto você era aqui na terra. A vida é um sopro.. R I P Tamara Maiochi", escreveu uma amiga.

"Descanse em paz Tamara Maiochi, mais uma estrela brilhante no céu. Meus sentimentos a toda família", lamentou mais uma pessoa.

"As pessoas boas voltam pra casa mais cedo! Que Deus te receba de braços abertos, junto com aqueles que amamos que já partiram desta vida! Menina linda, cheia de vida, cheia de luz. Um pedaço de nós se foi. Te amaremos por todas as vidas", afirmou outra.

Alguns amigos ressaltaram uma publicação de Tamara feita no último 26 de abril. Na ocasião, ela escreveu: "Algumas experiências em nossas vidas podem servir de exemplo para os outros. Sem expor, mas alertar. Nunca achamos que vai acontecer conosco. Mas acontece... O acidente. A quase morte. O estresse pós-traumático e todas as sequelas emocionais. Com sorte, sem sequelas físicas. Na minha vida e religião, o espiritismo, acredito que tudo tem um porquê".