PPS decidiu que se o pré-candidato a Deputado Estadual Dílson de Agripino não apoiar Machado para Federal terá a legenda negada

A Executiva Estadual do PPS se reuniu nesta sexta-feira, 15, em Aracaju.

O pré-candidato a deputado estadual Dílson de Agripino estava presente. No encontro, ficou decidido que pré-candidato a deputado estadual que não apoiar José Carlos Machado (PPS) para a Câmara Federal terá legenda negada na convenção do partido.

Sobre apoio à chapa majoritária encabeçada pelo senador Eduardo Amorim (PSDB), que disputará o governo do Estado, só ocorrerá se o partido puder lançar candidato a vice ou a suplente de Senador.

Fonte: NE Notícias